Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2017

Quando os Pais se tornam Avós

Nem sempre é fácil. Os nossos pais têm uma opinião, uma vivência, uma experiência, que é em quase todos os casos muito diferente da nossa. Daí muitos vezes existirem alguns conflitos. Mas no que toca aos netos, os nossos pais são pessoas completamente diferentes do que foram para nós. E isso é bom e é mau. É bom porque têm tempo para eles, para passear, para brincar, para tudo. E quando não têm arranjam. Mas por outro lado é mau porque lhes permitem fazer tudo, dão-lhes a comer de tudo, deixam brincar a tudo...e parece que os perigos não existem. Os mesmos perigos dos quais eles nos queriam proteger no nosso tempo. E isso é complicado de gerir, nós não queremos chamar a atenção, mas também não queremos deixar passar tudo. O amor que os avós sentem é de tal forma enorme que eles não conseguem ver mais nada. É bom. Muito bom. Mas temos de estar atentos pelo bem de todos.
Mas uma coisa é certa, os avós são fundamentais para termos filhos felizes. Não tenho dúvidas disso. O meu menino é m…

Últimos filmes

Dois é uma família (ou "demain tout commence")

Que filme maravilhoso. De deixar a lágrima no olho é certo mas absolutamente fantástico. É sobre o amor mais puro que podemos sentir por alguém. Por um filho. É arrebatador e deixa-nos colados à cadeira desde o primeiro minuto. Aconselho mesmo muito. Vejam.


O Impossível
Já tinha visto este filme mas hoje estava a dar na televisão e não consegui não ver. É um murro no estômago pensar em algo assim. Agora que tenho um filho o impacto deste filme foi totalmente diferente. Aquela família passou realmente por aquilo nas suas vidas, tudo foi verdade e isso é o que custa ainda mais. Não quero sequer pensar como seria acontecer-me algo assim. E ter de fazer das tripas coração para proteger o meu menino. É que nem consigo pensar nisso :( Mas apesar de tudo é um grande filme, com grandes atores e com uns pequenos atores brihantes. Que emoção que eles passaram. Aquele reecontro dos imãos é qualquer coisa...ainda sinto arrepios só de pensar. Quem nã…

Erros que nos marcam

Por vezes fazemos coisas que nos marcam de tal forma que parece que estão sempre ali a olhar para nós e a apontar o dedo. Eu fiz um desses "erros" que cada vez que me lembro dele fico triste, sinto que podia ter feito muito melhor mas não consegui. Já foi há mais de um ano e continua presente como se fosse ontem. Foi com alguém da família, que não é muito próximo agora, mas já o foi no passado. E gostava de ter feito diferente mas na altura fiz o que me pareceu melhor. Tinha acabado de ter o bebé e a minha cabeça andava num reboliço e eu mal conseguia pensar. Penso que tendo em conta o meu estado, qualquer erro seria perdoado e talvez até tenha sido. Mas o pior perdão de receber é o nosso. Até conseguirmos nos perdoar a nós próprios vai um longo caminho. E podem passar anos, mas se for um erro marcante vai continuar na nossa cabeça. E é triste. Muito triste.